Logo Zoop Blog
Ver Todos
Índice
    Ícone de E-mail
    Assine nossa newsletter

    Não perca nenhuma novidade.

    negócios

    Pix em processamento: como resolver? O que significa? Passo a passo

    28 de abril de 2023
    Por Redação Zoop
    Compartilhe
    Imagem

    Já tentou fazer uma transferência via Pix e foi surpreendido pela mensagem “Pix em processamento”? Como resolver esse problema?

    Apesar de acontecer raras vezes, é bem importante que as empresas saibam como agir, principalmente quando estão usando esse meio de pagamento em uma venda presencial.

    Como você já deve saber, o Pix é o sistema de pagamento instantâneo do Banco Central e, como a própria definição sugere, ele permite que pagamentos e transferências de valores aconteçam instantaneamente — geralmente em até 10 segundos — a qualquer hora ou dia da semana.

    Porém, já houve situações nas quais esse prazo foi maior, ou ainda, que a transação não foi efetivada, a exemplo do ocorrido em 6 março de 2021 em todo o país.

    Uma publicação no site da CNN Brasil destacou que, nesta data, Pix apresentou instabilidade por, aproximadamente, uma hora e meia. Por conta disso, diversas instituições financeiras viram aumentar o número de reclamações dos clientes sobre o uso da solução.

    Na ocasião, o Banco Central se pronunciou confirmando a parada do sistema, causada por um possível problema técnico, mas que já estava sendo prontamente resolvido pela equipe responsável.

    A questão que fica é: o que você pode fazer quando isso acontece no momento em que esse método de pagamento está sendo utilizado por seus clientes para concluir a compra?

    Continue a leitura deste artigo e entenda o que significa “Pix em processamento” e como resolver esse problema!

    Pix em processamento: como resolver?

    Vamos logo botar a mão na massa e te ensinar como resolver o problema da transferência em processamento no Pix, antes de explicar o que isso, de fato, significa.

    De modo geral, não há muito que se possa fazer quando uma situação como essa acontece. Afinal, o problema está além do controle do usuário da tecnologia e é preciso que a instituição financeira, ou mesmo o Banco Central, tome iniciativas para resolver a questão.

    Porém, se você for dono de um negócio que oferece essa tecnologia como opção de pagamento, há uma forma de ajudar o consumidor.

    Se você estiver lidando com um cliente que informou ter recebido a mensagem “Pix em processamento”, o que você pode fazer para ajudar a resolver é:

    • orientá-lo a verificar a conexão com a internet do dispositivo que está utilizando para a transação, tais como smartphone ou tablet;
    • recomendar que desligue e ligue novamente o sinal da internet do aparelho;
    • pedir para que veja se o aplicativo do banco digital está atualizado;
    • sugerir que saia e entre novamente no app bancário;
    • pedir que aguarde alguns minutos para tentar novamente.

     

    Se for alguma oscilação momentânea do sistema do Pix, pode ser que, durante essas tentativas, ele volte ao normal.

    No entanto, usando como exemplo a falha corrida no começo de 2021, a qual durou mais de uma hora, é bem importante que você tenha outro meio de pagamento digital para oferecer ao seu consumidor, a fim de evitar perder a venda.

    Dica de leitura: “Pagamentos invisíveis: a nova onda de evolução do setor muda o futuro de empresas e clientes

    O que significa “transferência em processamento” no Pix?

    Pix em processamento significa que a transação financeira ainda não foi efetivada e que, possivelmente, está em análise.

    Quando isso acontece, o valor transacionado pode, ou não, ter sido enviado de uma conta bancária para outra. Para confirmar se esse processo foi realmente concluído, é preciso esperar o sistema voltar ao normal e consultar o extrato bancário.

    Mas por que um Pix enviado pode ficar em processamento? Como dissemos inicialmente, uma das ocasiões em que o sistema de pagamento instantâneo apresentou esse tipo problema foi decorrente de uma falha no próprio Banco Central.

    Contudo, como mencionamos no tópico anterior, a mensagem de “Pix em processamento” também pode estar relacionada a uma inconsistência do banco ou fintech que está intermediando essa operação, incluindo os problemas de comunicação entre a instituição e o órgão regulador, ou diretamente no seu aplicativo.

    Aproveite e leia também: “Tenha o seu banco digital! Confira os motivos, vantagens e como fazer isso”.

    Por que se preocupar com o funcionamento do Pix?

    Você deve estar se perguntando: “por que é tão importante saber como resolver o “Pix em processamento”? Afinal, há outras opções de pagamento que podem ser oferecidas ao seu cliente, tanto em vendas online quanto em presenciais.

    Um dos motivos é que esse sistema está sendo cada dia mais utilizado como meio de pagamento, e não apenas como ferramenta para transferência de valores entre pessoas físicas.

    Dados de uma pesquisa feita pela DataFolha, a qual foi encomendada pela Zetta, associação sem fins lucrativos de empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros digitais, e divulgados no site Mobile Time, revelaram que o Pix já é utilizado por 73% dos usuários para pagamento de produtos e serviços.

    Quanto a essa oferta, vale lembrar que o sistema de pagamento instantâneo reduz o tempo de finalização da compra, melhorando a experiência do cliente.

    Além disso, ele aprimora a gestão financeira do negócio, visto que o valor é compensado imediatamente na conta da empresa.

    Sugestão! Ouça este episódio do Papo na Nuvem, podcast de tecnologia para serviços financeiros da Zoop:

    E como o Pix pode ajudar a aumentar seu volume de vendas?

    A otimização da etapa de pagamento, com o uso do Pix no checkout, é uma das razões pelas quais esse sistema pode contribuir para elevar o volume de vendas da sua marca.

    Mas não podemos deixar de citar também as seguintes vantagens:

    • potencial aumento do poder de atração e de retenção de clientes;
    • redução de custos operacionais, como os relacionados ao transporte de dinheiro em espécie e às tarifas cobradas por operadoras de cartão;
    • fomento do processo de digitalização do dinheiro;
    • atendimento de novas camadas de consumidores;
    • geração de novas oportunidades de negócio.

     

    Somado a tudo isso, o Banco Central está seguindo sua agenda evolutiva e lançando uma série de novas funcionalidades para essa solução. Entre as que também podem ajudar o seu negócio a crescer estão o Pix Cobrança e o Pix Saque no varejo.

    Concluído o conteúdo, qual é, então, a melhor solução a ser tomada quando aparecer a mensagem “Pix em processamento”? Como resolver o problema do cliente?

    Entenda como o Pix faz a diferença no varejo

    Além das instruções já oferecidas, é fundamental oferecer outras opções de pagamento para que ele consiga finalizar a compra de outra forma. Com o Zoop Payments, por exemplo, sua empresa contará com uma moderna plataforma de pagamento que oferece Pix, boleto bancário e cartão de crédito e débito, além de carteiras digitais.

    Conheça mais sobre a tecnologia no vídeo abaixo:

    Que tal conhecer todas as outras funcionalidades e suas respectivas datas de lançamento? Então, leia agora mesmo o artigo “Quais as novas funções do Pix e o que esperar desse sistema no futuro?

    Preencha o formulário para que nossos especialistas avaliem sua solicitação.
    (*) Campos Obrigatórios
    1/3
    Continuar
    2/3
    Voltar
    Continuar
    *Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer momento.
    3/3
    Voltar
    Suas informações estão seguras
    Ícone de E-mail

    Assine nossa newsletter

    Receba os melhores insights diretamente na sua caixa de entrada para construir jornadas de pagamento e experiências bancárias que impulsionam o seu negócio.